Para responder esta pergunta, “Quem disse que não existem games para mac?”, inicialmente temos que começar lá na época do Apple IIGS, época onde a Apple reinava absoluta, e os jogos saiam na sua maioria para tal plataforma, enquanto isso, a Microsoft estava desenvolvendo um sistema derivado de algumas bases de código que havia licenciado ou adquirido, como CP/M e o 86-DOS, culminando no que em 1981 foi o primeiro HIT da Microsoft, o MS-DOS.

Tal sistema foi ganhando popularidade progressivamente, por ser vendido embutido em computadores de menor preço e as vezes até com melhor performance, o que acabou por tomar foco do desenvolvimento de Games, e já desde esta época, a Apple começou a perder uma fatia “Gamer” do mercado.

Mas o problema veio realmente em 1984, quando a Apple lançou o famigerado (e fracassado) Macintosh, depois da Microsoft silenciosamente inserir seu “clone mais barato”, o Windows 1.0. A partir de tal instante, a Apple tomou várias decisões erradas quanto à mudanças de arquitetura, decisões no software, que foram afastando cada vez em mais não só desenvolvedores de games, mas sim desenvolvedores em um geral.

A reviravolta

Em 2006, após o retorno triunfante do Steve Jobs, foi quando a Apple teve uma reviravolta, na forma da mudança da arquitetura de PowerPC para Intel, a mesma arquitetura que sempre dominou os PC’s, e com isso, os Macs passaram novamente a ser interesse de desenvolvedores (Pois é muito mais caro desenvolver para duas arquiteturas do que uma).

Junto com essa mudança, o Mac OS X (como era chamado na época) também ganhou compatibilidade com vários softwares Open-Source, como o Wine (que tem sua encarnação de Mac chamada “Wineskin”), e o compatibilizador comercial baseado no Wine, CEDEGA, que deu origem a uma plataforma de serviços para desenvolvedores de jogos chamada CIDER, trazendo muitos games para Mac.

CIDER nada mais era que uma versão específica do CEDEGA que a Transgaming compilava especificamente para determinados jogos de Windows rodarem em Mac, com desempenho bem superior ao Wine, graças ao uso de bibliotecas nativas, aumentando drasticamente o portfolio de games para Mac.

Nossa parte para a jogatina na Maçã!

 

Isso claramente fez com que as ofertas de games para Mac deixassem de ser tímidas, e chegassem à quase 5% do portfolio de games disponíveis para uma plataforma mais popular como Windows. Mas isso ainda não era o suficiente.

Muitos anos depois, e não tão sem relação com o citado anteriormente, nós do Grupo Bonobo, optamos por adquirir um porfolio extenso de licenças de jogos (693), com o intuito de usarmos nossa expertise e ferramentas derivadas de Wineskin, Cider e similares para trazer títulos antigos e modernos para Mac (até porque já fazíamos ports e source-ports internamente para uso próprio)! Agora finalmente estamos colocando em prática tal projeto: Jogos Clássicos e Modernos, otimizados para rodarem em sistemas modernos, compatíveis com Mac, Windows e Linux!

Por hora todo o nosso acervo está disponível para Mac e Windows, com uma tímida, porém crescente, oferta de títulos para Linux.

Vale lembrar que todos os jogos não são em sua versão inalterada, sempre são otimizados para o melhor desempenho possível e, na maioria dos casos, com melhorias técnicas únicas em relação aos títulos originais. Caso queiram ver nosso porfolio completo, não deixem de visitar nossa loja.

Visite nossa loja!

E conheça nosso crescente acervo de títulos para Mac, Windows e Linux, otimizados para sistemas modernos, com aqueles refinamentos que só nossas versões possuem!

Se vocês tiverem alguma sugestão de títulos que devemos dar atenção, dúvidas ou até mesmo simples comentários, não exitem em deixar uma mensagem abaixo!

Infelizmente nossos servidores estão em manutenção, e alguns Downloads podem não estar imediatamente disponíveis. Dispensar

Grupo Bonobo

Assine nosso Newsletter!

 

Fique sabendo em primeira mão de nossas novidades, novos produtos, publicações e muito mais! Não se preocupe, não compartilhamos listas ou mandamos spam.

Você assinou com sucesso!